Como Será o Financiamento Habitacional em 2019?

O Financiamento Habitacional em 2019 está causando muitas expectativas na população, pois são milhares de famílias que ainda não compraram seu imóvel e apostam em uma melhora na economia e nos financiamentos para poder efetuar a compra.

Para fomentar o setor imobiliário está precisando de um empurrãozinho do governo e pelo visto é o que ele pretende fazer em 2019. O mercado nos mostra preços estáveis, muita oferta, juros mais baixos, mas para quem está com estabilidade financeira.

Como Está o Mercado?

Atualmente o desemprego está muito alto, para quem pretendia fazer um financiamento habitacional em 2019 e está desempregado deverá aguardar mais um pouco, pois a economia ainda está frágil. Com todo esse desemprego fica mais difícil a procura por imóveis. Para quem tem dinheiro é uma boa, pois os preços acabam baixando e essa é a hora de fazer bons negócios no setor imobiliário.

Segundo informação do novo presidente da Caixa Pedro Guimarães, famílias que pertencem a classe média deverão pagar mais juros para o setor imobiliário. Se for dessa forma outros bancos oferecem juros de mercado como Bradesco, Itaú ou Santander.

Financiamento Habitacional em 2019

Financiamento Habitacional em 2019. Imagem: divulgação

Financiamento Habitacional em 2019

Para você que deseja fazer um financiamento habitacional em 2019 fique atento as opções de financiamentos que nós selecionamos, que estão entre as melhores para adquirir o seu imóvel, seja ele novo ou usado.

– Minha Casa Minha vida: é a opção mais vantajosa no momento, pois ela trabalha com as menores taxas e juros do mercado;
– Caixa Econômica Federal: para as pessoas que não se encaixam no programa Minha Casa Minha Vida podem fazer o Financiamento Habitacional em 2019 na Caixa usando a linha de crédito deles. A Caixa oferece juros entre 7,85% para os clientes com débito em conta ou conta salário e 8,75% ao ano.
– Consórcio: o consórcio é uma ótima opção para quem não tem o dinheiro da entrada, pois o custo é menor, se comparado ao financiamento, ele apresenta uma taxa fixa sobre o valor do imóvel entre 25 a 30% dependendo da seguradora e o número das parcelas não vai interferir no valor da taxa fixa
– Financiamento para construção: caso você já possua o terreno, mas não tem dinheiro para construir o imóvel pode usar o financiamento para reforma e construção. Você vai pagar um pouco mais caro do que a casa pronta, mas vai ser do jeito que você sempre sonhou.
– Financiamento direto com a construtora: essa é outra forma de conseguir o financiamento habitacional em 2019, pois esse é um negócio para quem deseja adquirir um imóvel no valor de R$ 500 mil. Existem alguns inconvenientes que são a cobrança dos juros, de 12% ao ano mais o IGPM (Índice Geral de Preços- Mercado), depois que estiver com as chaves do imóvel em mãos, e com um aumento considerável no preço final.

Essas são as opções que você tem para obter financiamento habitacional em 2019, agora você só precisa escolher a que mais atende as suas necessidades.